Bem Vindo

Sócio-sênior, fundador e presidente do Comitê Executivo de Noronha Advogados.

Dr. Durval de Noronha Goyos Jr. é advogado, escritor, professor e jornalista. Formou-se no grau médio pela William Hall High School, em West Hartford, Connecticut, Estados Unidos da América. Estudou direito na Faculdade Paulista da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, em 1974. Revalidou o seu diploma de direito na Universidade de Lisboa, Portugal, em 1989. Fez diversos cursos de pós-graduação, incluindo um em direito na Hastings School of Law, University of California, EUA. É advogado qualificado no Brasil, Inglaterra e Gales e Portugal.

O Dr. Noronha é presidente e foi fundador de Noronha Advogados (1978), o primeiro escritório de advocacia global originário num país em desenvolvimento, com presença nos EUA desde 1982; no Reino Unido desde 1988; em Portugal, desde 1989; na Argentina desde 1996; e na República Popular da China desde 2001. Ele é, desde 2015, presidente da União Brasileira de Escritores (UBE); presidente do Conselho do Instituto Confúcio na UNESP; membro do Conselho de Administração da Fundação Padre Anchieta (TV Cultura); membro do Conselho Consultivo do Instituto da Paz, da Universidade Candido Mendes; membro do Conselho Consultivo da Fundação Maurício de Grabois; membro do Conselho de Administração do orfanato Reino da Garotada de Poá; e membro da Academia de Letras e Artes de Portugal (ALC). É árbitro da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Genebra, e da CIETAC, em Beijing e Xangai. Foi árbitro do Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT), em Genebra.

Ele foi ainda coordenador e professor dos cursos de pós-graduação em direito internacional, direito do comércio internacional e direito chinês na Escola Paulista de Direito, em São Paulo, no Brasil. Foi também professor de pós-graduação na Universidade Cândido Mendes, na cidade do Rio de Janeiro; e conferencista, pesquisador ou professor visitante em universidades no Brasil, Portugal, África do Sul, Argentina, Bangladesh, Bélgica, China, Estados Unidos da América (EUA), Índia, Inglaterra, Itália e Suíça. O Dr. Noronha foi ou é articulista em diversas publicações, com mais de 1000 artigos em seis continentes e 800 conferências em todo o mundo.

Durval de Noronha Goyos Jr. escreveu cerca de 60 livros sobre direito, linguística, economia, relações internacionais, história e memorialística publicados alguns deles em português, inglês, italiano, espanhol e/ou mandarim. Com temática sobre Portugal e a língua portuguesa escreveu o Dicionário Jurídico Noronha Anglo-Português; o Dicionário de Mandarim Pin Yin – Português; e o Dicionário de Anglicismos, com uma evolução histórica comparativa do desenvolvimento das línguas portuguesa e inglesa. Sobre história, escreveu A Campanha da Força Expedicionária Brasileira pela Libertação da Itália, com edições em português, italiano e inglês; Introdução à Revolução Cultural na República Popular da China, em português, mandarim e inglês; A Marcha da História; e O Advogado nas Relações Exteriores do Brasil. Segundo o World Catalogue (WorldCat), seus livros estão disponíveis em mais de quatrocentas bibliotecas acadêmicas, em todos os continentes. Sob o pseudônimo António Paixão, escreve obras literárias.

O Dr. Noronha usa, no exercício da advocacia, os idiomas português, italiano, inglês e espanhol. Usa socialmente o Mandarim e o Francês. Lê e escreve o latim.

Ele é recipiente de diversos prêmios e condecorações no Brasil, incluindo a Medalha da Vitória da Presidência da República; a Ordem do Mérito Judicial Militar do Superior Tribunal Militar (STM); a Medalha do Mérito Cívico Afro-Brasileiro; o Grande Colar da Ordem dos Cavaleiros da Inconfidência Mineira; a medalha 19 de Julho de São José do Rio Preto; e a medalha Mário de Andrade, da União Brasileira de Escritores (UBE). No exterior, é Cavaleiro da Real Ordem da Imaculada Conceição de Vila Viçosa, de Portugal; recipiente do prêmio “Dez Anos de Liberdade” da República da África do Sul; do prêmio “Sessenta Anos da República Popular da China”; do prêmio “Trabalho pela União com Paz” da República da Coréia do Sul; do prêmio “Promoção de Comércio Exterior”, da República Popular de Bangladesh; do Grande Selo do Estado da Flórida, EUA; e do Prêmio de Serviço Público do Estado de Connecticut, EUA, dentre outras distinções. É igualmente recipiente de diversas honrarias acadêmicas.

home