Livros

Total = 66

Encontro com Decio Lang

A obra, do jornalista Raul Marques, conta a transformação da Rio Preto dos anos 50, com a migração da zona rural para a urbana e o início de uma era de ouro na natação rio-pretense, motivada pelo professor Décio Lang.

Décio Lang ensinou natação no Palestra, no Automóvel Clube e América Futebol Clube e lecionou educação física em escolas públicas de Rio Preto e várias cidades paulistas. Suas equipes de natação conquistaram centenas de títulos em competições disputadas na região, no Estado, Brasil e até mesmo exterior.

As conquistas não foram o principal legado que Decio Lang deixou. Seus métodos, maneira peculiar de tratar os alunos, exemplos no dia a dia, orientação social, cultural e moral e trabalho focado na formação de verdadeiros cidadãos influenciou jovens nas décadas de 1950, 1960 e 1970.

Com texto básico do jornalista e escritor Raul Marques, a obra de 150 páginas, foi publicada pela União Brasileira de Escritores (UBE)e foi iniciativa de ex-nadadores alunos de Decio Lang, como Durval de Noronha Goyos Júnior, Flávio Augusto Teixeira, Gilberto Miranda Batista,José César Polízio Bueno, Remy Jacomassi e Sérgio Frota. A ilustração da capa foi elaborada pelo artista Lézio Júnior.

Detalhes:

Autor: Raul Marques
Co-Autor: Durval de Noronha Goyos Jr. e outros
ISBN: 978-85-93298-02-8
Idioma: Portuguese
Edição: 1 / 2017
Páginas: 150

Editora: Editora UBE

Shanghai Lilly

O livro Shanghai Lilly, a autobiografia autorizada de Vivian Salomon, com António Paixão antecipa, em seu título, os paradoxos de sua abordagem. A protagonista, Vivian Salomon, é praticamente antagonista de seu biógrafo, António Paixão. Ao dizer que é uma “autobiografia”, contudo, esse antagonismo é revelado antes como paródia de si mesmo do que como um relato cujo eixo central é articulado entre Solomon e Paixão.
Tal articulação, entretanto, é fictícia e nos leva a duas narrativas distintas: uma da própria Solomon e outra, de Paixão. Isso fica claro quando aspectos históricos são abordados, em linguagem completamente distinta da personagem central. O recurso à linguagem utilizada na Internet em contraponto à seriedade do narrador marca essa quebra proposital de uma narrativa linear. Assim, o que temos é um livro no qual a superficialidade da protagonista constitui-se quiçá como uma distração para o que Paixão aborda de maneira mais subliminar, sem o alarde quase estridente de Solomon.

NOTA: Cláudio Willer, um dos principais poetas brasileiros comenta:
Apreciei a exuberante sátira de seu debochado heterônimo Antônio Paixão.
Aliás, heterônimo mesmo, e não apenas pseudônimo. Irreverente, fluente, além de muito informativo.

Detalhes:

Autor: António Paixão (Heterônimo)
ISBN: 978-989-774-145-6
Idioma: Português
Edição: 1 / 2017
N° de páginas: 332

Editora: Chiado Editora

Introdução à Revolução Cultural na República Popular da China (Chinês)

Publicado: 2017
Editora: Editora UBE
País de Origem: Brasil
Edição: 1
Idioma: Chinês

Descrição: China saiu da pobreza e do atraso e está agora como a segunda economia no mundo. No entanto, para atingir este nível, a China tem percorrido um caminho sinuoso com muitos altos e baixos. Para essa matéria, não podemos deixar de abordar o período do CR. Eu acredito que o livro do Dr. Durval de Noronha Goyos Jr. pode ajudar os diversos segmentos da sociedade brasileira a se interessar mais pela China, a entender a história chinesa ea realidade. Como o Dr. Noronha disse muito bem no último parágrafo de seu livro, “a atual China tem trabalhado para a sua própria felicidade e civilização, da mesma forma, vem promovendo a paz e a liberdade mundiais.
Embaixador Chen Duqing da República Popular da China

Introduction to the Cultural Revolution in the People’s Republic of China

Publicado: 2017
Editora: Editora UBE
País de Origem: Brasil
Edição: 1
Idioma: Inglês

Descrição: A “Introdução à História da China” é indispensável para se entender a China de nossos dias. O livro analisa o período que vai desde a fundação da República Popular da China, em 1949, a qual restaurou a dignidade do povo chinês, passando pelos efeitos das primeiras políticas econômicas, da Guerra da Coréia e do fracasso do programa denominado “O Grande Salto para a Frente”. Com o colapso deste último, para sua defesa política, Mao Zedong lançou a Revolução Cultural e o Terror Vermelho, desestabilizando as estruturas nacionais, tanto as comunistas com aquelas de milenar tradição.

Introdução à Revolução Cultural na República Popular da China: Aspectos Econômicos, Sociais e Políticos.

[cml_media_alt id='6412']Livro[/cml_media_alt]Publicado: 2016
Editora: Editora UBE
País de Origem: Brasil
Edição: 1
Idioma: Português

Descrição: A “Introdução à História da China” é indispensável para se entender a China de nossos dias. O livro analisa o período que vai desde a fundação da República Popular da China, em 1949, a qual restaurou a dignidade do povo chinês, passando pelos efeitos das primeiras políticas econômicas, da Guerra da Coréia e do fracasso do programa denominado “O Grande Salto para a Frente”. Com o colapso deste último, para sua defesa política, Mao Zedong lançou a Revolução Cultural e o Terror Vermelho, desestabilizando as estruturas nacionais, tanto as comunistas com aquelas de milenar tradição.